orlando balla

O Presidente da Câmara Municipal da Brava, Orlando Balla, manifestou-se hoje, indignado e agastado com a actual situação das ligações marítimas com a Brava. Estamos profundamente desapontados com o descaso relativamente à nossa ilha, que tem sido, sistematicamente, votada ao isolamento com o resto do país e o mundo, refere o autarca da ilha de Eugénio Tavares.

Register to read more...


Pousada fotografia

A promotora turística CaboVerdeOnline.com está a investir no turismo rural na Ilha da Brava, o que passa por remodelar e revitalizar a Pousada Nova Sintra. É um projecto que conta com a parceria da Câmara de Orlando Balla.

Register to read more...


pano di terra

Sulada. É assim que se designa uma das peças mais importantes da indumentária da mulher rural cabo-verdiana. Uma peça de pano, geralmente com cerca de dois metros de cumprimento e um de largura. No passado era feito de tecido próprio, comprado nas casas de alfaiataria. Hoje já chegam prontas, vendidas nas feiras e noutros pontos de venda.

Register to read more...


cinza verdura

É ao som do bater do pilão que se amanhece em dia de Cinzas, no interior da ilha de Santiago.
A Quarta-feira que sucede ao carnaval, marca o primeiro dia da Quaresma. O tempo de oração, jejum e abstinência, que antecede a Páscoa, segundo a doutrina católica. Paradoxalmente, na ilha de Santiago o dia é vivido com muita fartura.

Register to read more...


carnaval SN

Falar de Carnaval em Cabo Verde é quase sempre falar de São Vicente. Mas se o carnaval mindelense atrai pela tentativa de reproduzir, ainda que à dimensão de Cabo Verde, o carnaval brasileiro, é em são Nicolau que se vive o verdadeiro carnaval crioulo.

Na ilha de Chiquinho a folia faz-se com critérios próprios. O carnaval de São Nicolau atrai pelas suas especificidades, que se perpetuam, numa tradição de quase 80 anos.

Register to read more...

 batuku5

É considerado o género musical mais antigo de Cabo Verde. O "batuku é uma manifestação cultural que integra, canto e dança, mas que tem um significado muito mais profundo. Esta manifestação trazida ou inventada pelos primeiros escravos que aportaram o arquipélago subsiste ainda hoje, nas ilhas de Santiago e Maio, como uma incontestável herança africana e um testemunho do percurso histórico de Cabo Verde.

Register to read more...